Noli Backes Tome

Desde 2006 transforma a dor pela trágica morte do filho Lenon, 16 anos - assassinado dentro de casa numa tentativa de assalto - em trabalho para afastar crianças e jovens da violência, do crime e das drogas. Com ajuda de amigos do bairro São Miguel, fundou a ONG Lenon Joel Pela Paz, que hoje é referência nacional do trabalho desenvolvido em São Leopoldo. Junto com a esposa Senaile, passou a dedicar-se integralmente à ONG que assiste mais de 300 crianças e adolescentes de 6 a 18 anos no turno inverso da escola com atividades de arte, esporte, educação.Atualmente também coordena um núcleo da ONG em Porto Vera Cruz, cidade natal da família. 

 

 

 

Vencedor(a) na categoria Responsabilidade Social.